Arte pura em um prato que usa a despensa sazonal da Escandinávia como paleta

Sazonalidade personificada: muitos restaurantes alinham seu menu às mudanças das estações,
mas o Geranium leva isso para o próximo nível. A última seleção do Universo de Outono é um
caso em questão, começando com colheitas abundantes, como folhas de alcachofra de
Jerusalém e nozes em conserva, e seguindo em uma série de pratos de peixes e frutos do mar,
que mostram o amor do Chef Rasmus Kofoed por forrageamento no mar. Lulas, banha de
porco defumada derretida, essência de fermento e batata são um verdadeiro sabor das águas
https://www.gazetadopovo.com.br/haus/estilo-cultura/roteiro-5-restaurantes-com-decoracao-tematica-para-ir-em-curitiba/
salobras que encapsulam a Dinamarca, enquanto a codorna com sementes de tomilho, frutas
vermelhas e pinheiro em conserva é o único ponto em que a carne entra no menu de 16
pratos.
Comida encontra arte: sem dúvida não há melhores chefs no mundo do que Kofoed na
aplicação da beleza à comida. Ele tem uma capacidade intuitiva de montar pratos
verdadeiramente deslumbrantes que aproveitam ao máximo a cor, o espaço vazio e o volume
preciso dos ingredientes, criando sinergia entre sabor, esteticismo e uma sensação de fluxo
que permeia todo o menu.

Leave a Reply

Your email address will not be published.